quarta-feira, 16 de março de 2011

Repartir

Você precisa de sombra quando está sob o sol forte.

Eu preciso de luz quando estou na escuridão da noite.

Nós precisamos fazer trocas pra aprender, crescer e sobreviver.








Desde pequenos somos forçados a conviver com as diferenças, com os desencontros, casualidades, novidades, dissabores. Com as necessidades que vão aparecendo no decorrer do aprendizado diário, gostos vão sendo revelados... os nossos e os dos outros.

Quando se descobre a importância de ter com quem dividir as emoções e experiências, é que tudo ganha cor e sabor. A vida se enche de graça, sentido, prazer, melodia. Acordes de uma música que envolve as pessoas, que junta os sonhos e monta o quebra cabeça da sobrevivência, para nós, aos quais foi imposta a condição de ser seres vivos pensantes.

É sempre nobre encontrar com quem repartir o bem, o bom. Todo dia, a todo momento, dar e ao mesmo tempo receber luz e energia.. Quando há encontros, há trocas. Um dá o que tem de sobra pra completar o que tá em falta na outra parte.

Acrescenta-se um pouco do frio no quente, pra que o equilíbrio térmico satisfaça a ambas as partes. Junta um pedaço do amargo naquilo de mais doce que é pra doçura não enjoar. Joga um pouco de sujeira no limpo que é pra a gente aprender a encontrar o que tá errado no nosso espaço. Enche o vazio de música, amor, encanto, sonhos, amizades, esperança, que é pra dessa forma a solidão ser preenchida.

Samile Rúbia